sábado, 5 de abril de 2008

Primatas do mundo uní-vos


Nós não viemos dos grandes macacos, nós somos grandes macacos. Nós, símios, somos parentes muito próximos uns dos outros! Somos mais de 99% geneticamente idênticos aos Chimpanzés! Sempre que eu pergunto para humanos quem é mais primitivo: nós ou os Chimpanzés, a resposta é unânime: Eles, é claro! Mas assim como nós não viemos dos macacos, eles não estão evoluindo em direção aos humanos. Porque não somos os mais evoluídos, não somos o ápice da evolução!



Cada ser vivo existente no planeta é o mais evoluído do seu ramo. Se olharmos nossa árvore filogenética primata veremos cada macaco no seu galho, literalmente. Cada um é o mais evoluído do seu ramo. Veja estamos todos no mesmo nível. Não somos mais especiais do que eles. E com certeza temos muito o que aprender com eles ainda.

Se somos todos macacos, somos parentes próximos uns dos outros e somos tão evoluídos e especiais quanto eles, por que estamos exterminado nossa família!? Por que caçamos símios filhotes para servir como animais de circo ou de companhia?



Precisamos alargar nosso antropocentrismo para um simiocentrismo antes que seja tarde! Já não basta sermos os únicos representantes do gênero Homo vivo no planeta, estamos caminhando para sermos mais órfãos ainda. O antropocentrismo é nossa pior macacada e tem contribuído para que menosprezemos e eliminemos milhares de espécies do planeta. É hora de assumirmos uma visão muito mais humilde sobre nós mesmos e adotarmos o simiocentrismo como um primeiro passo a para a conservação da biodiversidade na Terra.


Visando trazer a público o estado lamentável que se encontra a conservação dos nossos parentes mais próximos e direcionar soluções foi criado o Manifesto for APES and NATURE. O site visa coletar no mundo todo 1 milhão de assinaturas pela causa dos grandes primatas e de todo seu ambiente. Leia o Manifesto abaixo, entre no site assine e divulge para os outros primatas conhecidos seus.





MANIFESTO: Um Milhão de Pessoas para os Grandes Símios e seu Ambiente



"As florestas tropicais desaparecem num ritmo desenfreado e, com elas, as últimas populações de grandes símios. Todos os especialistas são unânimes: se não fizermos nada, gorilas, chimpanzés e bonobos terão desaparecido até a metade do século 21. Para os orangotangos, a situação é ainda mais dramática: é possível que, em 20 anos, eles só existam em zoológicos.



Hoje em dia, uma mobilização é imprescindível para cessar este Ecocídio! Salvar os grandes símios é salvar as florestas tropicais, um ecossistema essencial para o planeta. O desaparecimento em grande escala de tais florestas, resultante da exploração ilimitada, coloca em perigo não apenas a sobrevivência deste ecossistema e de sua biodiversidade, mas também a dos povos indígenas que dependem delas; ela significa ainda graves problemas ambientais.
A desflorestação é hoje uma das maiores causas de emissão de gases do efeito estufa e por consequência do aquecimento global. O desaparecimento da floresta tropical será sem dúvida o prelúdio do desaparecimento do Homo sapiens, a espécie humana moderna. É tempo de reagir e de agir... antes que seja tarde demais!


Nós, cidadãos da Terra, exigimos de nossos governos e das instâncias internacionais que aceitem como dever supremo a conservação e a proteção dos primatas e fazer todo o possível para:


- Exigir uma gestão durável e respeitosa do ambiente das florestas tropicais, o habitat dos grandes símios;

  • - Proibir toda importação de madeiras tropicais não certificadas como provenientes de um comércio respeitoso do ambiente e que responda aos critérios estabelecidos pela certificação FSC;


- Contribuir para a implementação da exploração de recursos minerais (ouro, petróleo, diamantes, coltan, ferro) respeituosas do ambiente e das populações locais;

- Eliminar a caça ilegal de grandes símios, o tráfico de ‘carne do mato’ a ela associado e de jovens indivíduos vendidos como ‘animais de companhia’;

- A fim de respeitar os pontos 2, 3 e 4 deste manifesto, realizar controles severos nas empresas que trabalham em zona tropical, especialmente aquelas em que a direção está estabelecida nos nossos países ocidentais respectivos;

- Garantir os financiamentos necessários para a aplicação das cláusulas 1 a 5, especialmente para o desenvolvimento de projetos de gestão durável com as populações locais."

"Por Neuchâtel (Suisa), 4.4.2008"





Não fique de fora dessa macacada!!
Assine a lista! Não vá em circos que tenham animais! E tenha uma visão mais positiva de nosso sparentes!

Os outros macacos agradecem!

Primatas do mundo uní-vos!!


Agradeço ao Wall pela dica de site.

3 comentários:

Rafael Bento da Silva Soares disse...

outro slogam bacana:
"Seja um primata você também!"
Dá uma camiseta...

Marco Antônio Corrêa Varella disse...

"Admita-se macaco!"; "Descubra o primata que você é!"; "E pensar que nossa vida é uma grande macacada!"; "Penso, logo macaqueio"; "Me amo enquanto primata!"; "O mal que o humano não vê, o macaco ressente!"; Muitas idéias... Além da famosa "Macacos me mordam!"

Thiago disse...

O melhor conselho que se pode ter é aceitar a conclusão irremediável da teoria darwiniana.

Nenhuma espécie é mais ou menos evoluída, já que a evolução não tem um "objetivo final" implícito. Parte disso que o antropocentrismo, ou o cimiocentrismo como vc sugeriu, simplesmente não fazem o menor sentido.

Decorre daí o que todos deveríamos ter em mente, somos apenas mias uma espécie neste planeta.